Criando um curso no Alura: especial dia dos professores

Nos últimos dois anos participei ativamente da criação de pelo menos 70 cursos online no Alura. Claro, tudo começou com os dois primeiros cursos de Java da Caelum, lá em 2004, e nesse meio tempo aprendi algumas técnicas de criação que ajudam muito nossos instrutores e aqueles que desejam trabalhar como autores.

Como começar um curso? Com uma folha de papel, um textpad ou um google docs em branco. O Google Docs é meu favorito, principalmente quando um novo instrutor já compartilha com meu email para revisões frequentes.
Mas agora… com a página em branco… o que escrever? É o mesmo dilema do escritor de livro, pintor, escritor de blog… na versão professor. Vai uma frase, volta. Um parágrafo, volta. Ficou ruim. Apaga. Tela em branco. É a síndrome da página branca na educação. Assim como o escritor e o pintor, temos técnicas para superá-la.

O autor escreve então no seu papel o que ele é capaz de fazer, o que ele vai ensinar a *fazer*. Não estou interessado na ferramenta, por exemplo Photoshop, mas o que você vai fazer? Criar páginas web com Photoshop.

Isto é, a ferramenta assume seu papel de meio e não de fim. O objetivo nosso é aprender boas práticas, técnicas e ferramentas que nos ajudem nesse trabalho de criação… e acontece que o Photoshop apresenta algumas vantagens para isso, para atingir o objetivo de criar uma página web. Pronto.

Dada essa idéia de projeto, o primeiro passo de execução de todo curso é… criar este projeto. Mas veja bem, esse é o assunto que o autor conhece… ele já usa no dia a dia dele esta ferramenta, esta tecnologia. Ele já criou diversos exemplos, já passou por centenas de problemas. Criar um novo projeto, um exemplo novo, é algo rápido.

Por exemplo, quando criamos um curso de Bootstrap, os autores criaram um site de loja de roupas. Ao criar um curso sobre Algoritmos, o autor soluciona problemas do dia a dia onde eles são implementados.

Projeto de loja online pro curso de bootstrap

No curso de Webdesign, o designer modela um site web:

Página web criada com Photoshop

No curso de design para Email Marketing, desenvolve-se uma newsletter do zero.

Projeto de curso de introdução ao design de newsletter

No curso de Programação funcional com Clojure, o autor cria alguns jogos usando a linguagem. No curso de introdução a Devops com Docker, cria-se e manipula-se máquinas rodando WordPress e outras aplicações. E em toda uma família de cursos de controladores (VRaptor, Rails, ASP NET MVC, Django, Meteor, JSF, Spring), usamos exemplos de projetos de ecommerce, gerenciamento de produtos etc.

No curso de design para Facebook Ads, desenvolve-se banners nos mais diversos sabores:

Curso de Introdução ao design de imagens e ads para Facebook

Para um especialista em uma ferramenta, quanto tempo demora para criar um projeto do zero ao básico, sempre usando as melhores práticas que adquiriu com o passar dos anos? Lembrando que, diferente do dia a dia de uma empresa, não temos interrupção por mudança de prioridade, uma vez que até aqui, é só a criatividade do autor rolando solta. Crie o seu projeto, com a liberdade que sempre sonhou, como quiser. Quanto tempo você precisa para isso?

Como fazer isso? Escolhido o tema junto comigo, o professor joga no google docs screenshots do projeto como ele fica ao término do curso. Cada screenshot descreve uma funcionalidade diferente. Se o curso possui código, ele compartilha o mesmo via github ou outro repositório similar, se o designer criou diversos PSDs, ou modelos do 3dmax para um jogo em Unity, ele compartilha comigo via Dropbox.

Elementos criados no curso de modelagem 3d para jogos

Primeira parte: feita.

A partir daí começa o processo de detalhamento, onde o professor tira agora os screenshots intermediários, recriando o projeto novamente do zero. Se antes demorou X de tempo, agora demora menos, pois ele já sabe quais os passos e qual a ordem exata. Além disso, ele descreve as boas e más práticas que está ensinando.

O terceiro passo é a revisão desse enredo, onde traçamos juntos quais práticas podem ser mostradas nesse instante, quais devemos segurar um pouco, qual ordem é melhor didaticamente para apresentar o conteúdo, qual conteúdo pode ser cruzado com cursos já existentes na plataforma, quem são outras referências da área com quem podemos tirar uma dúvida, quais boas práticas a mais podemos aplicar, quais más práticas devemos abordar durante o curso… toda frase é extremamente calculada. Por vezes, testamos o roteiro com um ou outro colega que não conhece o assunto, sempre para nos colocar no papel do aluno e sentir as dificuldades que ele terá ao aprender esse conteúdo.

No final da revisão, temos um roteiro rico, pronto para ser gravado. É hora de ir para as cameras, a parte mais divertida.

Claro, durante todo esse processo desenvolvemos um curso interno de como criar cursos, o que nos ajuda a resolver alguns dos problemas do dia a dia. Nossos novos instrutores recebem acesso ao curso de didática, o que alivia um pouco a minha carga como instrutor de instrutores.

Como responsável pelos autores do Alura, este ano no dia dos professores lanço o desafio, escolha uma ferramenta que gosta e usa bastante no seu dia a dia, não importa se ela seja da área de negócios, programação, design, finanças, produtividade etc. Crie um projeto, seja em programação, marketing digital, design, UX etc, utilize boas práticas, tire somente os screenshots do projeto final, guarde em um google docs e compartilhe comigo! Meu email? guilherme.silveira@caelum.com.br

3 Comentários

  1. Márcio Sancho 16/10/2015 at 09:02 #

    Show de bola este texto! Sou fã do Alura e da Casa do Código. O que mais gosto é isso de cada curso ter um projeto prático. Não fico só na teoria. Aprendo a mesma e já vou aplicando. E parabéns por esta iniciativa.

  2. Romulo 16/10/2015 at 12:49 #

    Também sou fan da Alura, é uma excelente iniciativa =)

  3. Alex Felipe 05/11/2015 at 10:53 #

    Muito bom Guilherme! Sou aluno do Alura e só tenho a agradecer pela oportunidade de aprender muito conteúdo com qualidade em um ambiente online. Já indiquei para mais de 10 pessoas interessadas em aprender e as mesmas gostaram e muito. Espero que o Alura cresça cada vez mais, pois atualmente eu uso como referência para tirar minhas dúvidas e aprender novos conteúdos. Obrigado novamente!

Deixe uma resposta