Nova versão do xstream

A nova versão do xstream trará grandes novidades, entre elas a idéia de coleções persistentes.

Isto é, imagine que você possui uma java.util.List na sua mão:

public void facaAlgo(List lista) {
}

E dentro do seu método você adicione um objeto a essa lista:

lista.add(new Pessoa("guilherme silveira","caelum"));

Nesse momento, a sua lista escreveu um arquivo xml em disco, representando a sua entidade!

O XStream escreve exatamente o seguinte xml em disco:

<pessoa>
<nome>guilherme silveira</nome>
<empresa>caelum</empresa>
</pessoa>

Como fazer isso? Simples, basta você definir o seu diretório onde os arquivos serão salvos e utilizar sua lista para a serialização automática:

File dir = new File("/tmp");
List xmlList = new XmlArrayList(new FileStreamStrategy(dir));
xmlList.add("guilherme");
xmlList.add("silveira");

A classe FileStreamStrategy é quem define que cada objeto vira um arquivo xml diferente… implementando estratégias diferentes você consegue enviar esses arquivos para algum outro lugar, compactá-los em um único arquivo zip etc.

Essa é mais uma funcionalidade do XStream tentando facilitar a vida de quem trabalha com xml. Neste caso será muito útil para escrever tickets no sistema de arquivos para serem consumidos por algum outro programa.

Acesse xstream.codehaus.org e começe a trabalhar com xml de uma maneira mais simples.

Seja o primeiro a comentar :)

Deixe uma resposta