A Trinca de Ases do programador Rails

O que era uma aposta está virando cada vez mais realidade. Ruby on Rails, que já era muito forte lá fora, atualmente está fazendo bastante barulho em terras brasileiras. Uma série de artigos em revistas, inúmeros posts em blogs, diversas empresas adotando e vagas de empregos pipocando nos sites especializados. Nosso núcleo de Ruby on Rails na Caelum (composta essencialmente de bilingues javeiros) tem recebido cada vez mais demanda tanto nos projetos internos quanto em consultoria, sem falar nas turmas que vem lotando tanto na unidade de São Paulo quanto no Rio de Janeiro (veremos em Brasília!). Esses foram motivadores da criação da nossa nova Formação Rails.

No começo do ano o Fábio Kung disse que 2009 seria o ano do Ruby on Rails no Brasil, e ao que tudo indica isso vem se tornando realidade. Rails é um framework poderoso e mesmo que você não pense em trocar de linguagem agora, vale muito a pena conhece-lo. Ele vem influenciando a forma de desenvolver software para a web em várias linguagens, repetindo os conceitos inovadores do Rails.

Ao realizar cursos conosco, ou até mesmo antes, muitos nos perguntam: Por quais livros devo continuar meus estudos? Existem muitos bons livros sobre Rails, principalmente em inglês. No Brasil, há quase 3 anos atrás, o Fabio Akita foi pioneiro e lançou o primeiro livro de Rails brasileiro, chamado Repensando a Web com Rails. Um pouco antes, Eustáquio Rangel (TAQ) havia lançado seu livro Ruby. Conhecendo a Linguagem. Recentemente, Rodrigo Urubatan lançou seu livro, que já cobre a versão mais nova de Rails. Lá fora existem diversos bons livros como Design Patterns in Ruby, Rails Recipes, Programming Ruby e o ainda em beta The RSpec Book: Behaviour Driven Development with RSpec, Cucumber, and Friends. Repare que eles abordam bastante de TDD, BDD e da linguagem Ruby em si, que são fundamentais para o bom programador Rails.

São muitas possibilidades para começar a ler, então escolhemos aqui três livros que consideramos excelentes para a sua formação:

Agile web development with rails Agile Web Development with Rails

Um livro excelente pra começar já colocando a mão na massa. O livro é dividido em duas partes. A primeira parte é um tutorial passo a passo, passando pelas partes importantes como MVC, ActiveRecord, Routes, ERB, etc.Ruby on Rails se encaixa perfeitamente na filosofia de métodos ágeis e o livro segue nessa linha, criando um projeto a partir de iterações e mudanças de escopo ao logo do projeto. A segunda parte serve tanto como refêrencia quanto material de estudo das partes citadas no início do livro. Procure pela terceira edição que cobre a versão mais atual do Rails.

Ruby for RailsRuby for Rails

Depois de aprendido sobre Ruby on Rails, você naturalmente sentirá a necessidade de aprimorar suas qualidades
no código Ruby. Rails é o framework e Ruby é a linguagem de programação que você escreverá código, portanto
em algum momento você precisará fazer coisas complexas que necessitarão conhecimento mais aprofundado da linguagem. O livro Ruby for Rails foca nesse ponto ensinando as características principais da linguagem, o que significa trabalhar com uma linguagem de tipagem dinâmica, como usar estruturas de controle, módulos, escopos de variáveis entre outros.

The Rails WayThe Rails Way

Depois de adquirido um bom conhecimento de como Ruby on Rails funciona, o melhor é se aprofundar no framework seguindo a expêriencia que experts já passaram. O livro The Rails Way escrito por Obie Fernandez, um dos principais programadores do Ruby on Rails, apresenta diversas situações para programadores que querem alavancar seus conhecimentos em Rails. O livro cobre partes avançadas de ActiveRecord, Ajax e Rest.

Ruby on Rails vem se tornando cada vez mais realidade, e é umá ótima ferramenta para projetos web, além de poder aproveitar da plataforma Java através do JRuby. Se Ruby on Rails vai tomar algum significativo espaço hoje ocupado por Java ou C# não sabemos, mas não é essa a preocupação a que você deve se ater. Ruby on Rails veio para ser uma alternativa forte, simples e agradável de desenvolver software web, e hoje já é realidade.

9 Comentários

  1. Edvaldo R de Melo 25/08/2009 at 05:05 #

    Complementando o que o Fábio escreveu no início desse ano, realmente aqui na Europa Ruby já vem sendo requisitado faz alguns poucos anos, mas já bem a frente da demanda/espaço que havia no Brasil.

    Bom saber que as “previsões” do “mago” Fábio Kung e dos mais otimistas vem se confirmando. Pessoalmente fico feliz pois particularmente gosto muito da linguagem/framework, e em breve tô de volta para a terrinha. É mais uma alternativa para lavoro em terras Brasilianas.

    Abs e parabéns á todos da Caelum !!!

    Arrivederci.

  2. Leandro Silva 25/08/2009 at 10:30 #

    Belo post, Anderson.

    Eu também tenho e gosto muito do The Ruby Way.

  3. Maurício Linhares 25/08/2009 at 10:33 #

    Eu, sinceramente, não recomendaria o Rails Way, o livro já está BEM defasado com as mudanças do Rails, o Agile web development já tem a maior parte do material realmente interessante, o resto se pega nos rdocs mesmo.

    Um investimento melhor talvez seja o Ruby Way ou The Ruby Programming Language.

  4. Rafael Rosa Fu 25/08/2009 at 13:11 #

    Salve,

    Concordo com o Leandro, o Rails Way está meio defasado, especialmente com o Rails 3 a caminho. Mesmo assim é um ótimo livro. E mais um detalhe, o David Black revisou e atualizou o Ruby for Rails e agora ele se chama The Well Grounded Rubyist[1].

    Abraço

    [1]http://www.manning.com/black2/

  5. anderson leite 25/08/2009 at 13:24 #

    @leandro @edvaldo
    obrigado pelos comentários!

    @mauricio @rafael
    ótimas indicações! nesse post ficamos mais com livros voltados pra Rails mesmo. Mas concordo que são excelentes livros também.

    Rails Way e Ruby for Rails são livros que lemos e nos deram muita base pro que temos feito na Caelum hoje, e que nos ajudam muito hoje em dia. valeu!

  6. Christian Reichel 03/09/2009 at 10:41 #

    Acabou de ser lançada a segunda edição to “The Ruby Way”.

  7. Giulliano Morroni 01/10/2009 at 11:34 #

    Comecei a estudar RoR para ter um diferencial em meu CV e estar preparado para uma possível demanda do mercado. Porém alguns dias atrás num site muito conceituado de vagas para TI fiz uma busca por Ruby e Rails, e para a minha surpresa não havia UMA vaga sequer…Não sei se essa será a realidade brasileira, mas a demanda no eu ver é muito baixa ainda. Estou torcendo para que ele ganhe mercado. []’s

  8. Paulo Silveira 01/10/2009 at 12:32 #

    Ola giuliano!

    De uma olhada quantas vagas ha no ondetrabalhar.com
    http://www.ondetrabalhar.com/ruby+ou+rails

    O movimento está crescente, esse é o indicador mais forte, mas realmente as vagas ainda não se comparam com Java, etc.

    Sem dúvida é um diferencial para o seu currículo, mesmo que você va trabalhar com Java ou outra linguagem. Todo acréscimo de conhecimento é mais que válido!

  9. Luciano Bezerra 14/02/2010 at 22:28 #

    Giulliano Morroni,

    Permita-me discordar da sua opinião, apesar que, pelo tempo, você mesmo já a deve ter mudado.

    Nesse exato momento estamos com duas vagas abertas para programador ruby/rails e temos dificuldades em encontrar gente preparada.

    Abraços

Deixe uma resposta